SEJAM TODOS BEM VINDOS

"A alma é uma borboleta... há um instante em que uma voz nos diz que chegou o momento de uma grande metamorfose..." Rubem Alves

sábado, 23 de março de 2013

FLIPAZ- FESTA LITERÁRIA PELA PAZ - BLUMENAU - SC



        Há alguns meses atrás fui convidada pela Cônsul do Poetas del  Mundo em Blumenau – SC, senhora Terezinha Manczak para fazer parte da Governadoria do Poetas del Mundo para SC, a qual resolvi aceitar, mas, com um certo medo, visto que a responsabilidade é grande, apesar de que já sou membro dessa Associação Internacional com sede no Chile desde o ano de 2011.  
         Quando fui informada de que Terezinha juntamente com o pessoal da Fundação Cultural de Blumenau e os membros da Sociedade de Escritores de Blumenau - SEB estavam organizando a FLIPAZ 2013, fiquei toda empolgada, solicitei maiores informações e decidi que iria participar, viabilizei recursos próprios, fiz reserva em hotel, comprei a passagem e fui sozinha de ônibus na sexta dia 15 de março. O evento foi uma Festa Literária e cultural com ações voltadas para a promoção da paz, envolvendo alunos, pais, escritores e comunidade em geral, começou na segunda dia 11 de março com uma agenda bem eclética recheada com show musical com o músico, poeta e compositor carioca Marcos Assumpção, apresentações de alunos e prosseguiu nos outros dias com  uma conversa com o escritor Godofredo de Oliveira Neto e sessão de autógrafos de seu livro O Bruxo do Contestado na Livraria Catarinense do Shopping Neumarkt, Lançamento de campanha para reflexão e produção de textos, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação voltada para alunos da rede municipal de ensino, Proseando com o escritor, visita dos poetas da SEB ao Prefeito e à Câmara de Vereadores, Intervenção poética à hora da Ave- Maria, sarau poético na escadaria da Catedral de São Paulo Apóstolo, Poemas com café na Confeitaria Confehaus Glória.
         Esse último foi o primeiro dia que participei, foi na sexta dia 15/03, após 5 horas de viagem, de me instalar no luxuoso Íbis Hotel bem no centro de Blumenau, de tomar um relaxante banho, troquei de roupa, peguei meu guarda chuva e fui dar uma volta para me familiarizar com a cidade, afinal nunca havia estado lá com exceção de uma única vez em que apenas passamos por lá, mas não tivemos a oportunidade nem tempo para parar e curtir as belezas da região, cheguei na confeitaria alguns minutos antes do horário combinado com nossa querida anfitriã Terezinha, mas ao chegar vi uma outra pessoa parada em frente, cheguei perto e também fiquei esperando, até que resolvi conversar, descobrindo assim que também tratava-se de uma participante do evento, era a querida Maria de Lourdes Scottini Heiden, que vim a saber posteriormente tratar-se da Presidente da SEB, esperamos juntas até os outros poetas chegarem , foi algo muito diferente de tudo que já fiz, na simplicidade de uma ação e nos resultados provocados por ela é que percebemos a grandeza da vida, conversamos sobre poesia, trocamos ideias, depois fomos distribuir alguns poemas para os presentes na confeitaria, algumas pessoas pareciam confusas quando eram abordadas por nós, é que a maioria dos seres humanos não está mais acostumada com gentilezas, então quando alguém se dispõe a entregar algo gratuitamente, isso causa estranheza, mas reações adversas me chamaram atenção: um casal que estava numa ala mais reservada da confeitaria, que quando entreguei os poemas me fizeram uma série de perguntas,  querendo saber qual o objetivo da ação, quem éramos, que evento era esse que estava acontecendo na cidade a semana toda que eles desconheciam, teve uma senhora que negou-se a receber a poesia, alegando que não gostava, e teve um senhor que se levantou e foi até nosso colega escritor Otto Eduardo Gonçalves e agradeceu porque após ter lido se emocionou, percebi a importância de um gesto como esse e a força e o poder que as palavras tem sobre as pessoas, foram entregues mais de 100 poemas, voltei ao hotel feliz.
         No dia 16 pela manhã, após a higiene pessoal, desci para tomar café e fui andar pela cidade, visitei uma série de pontos turísticos e conheci um pouco mais da história da cidade, visitei a Catedral de São Paulo Apóstolo, Castelinho da Havan, Museu de Artes, Museu da Cerveja, a Praça Dr. Blumenau, Mausoléu do Dr. Blumenau, Museu da Família Colonial, Rua das Palmeiras, Praça Hercílio Luz, Museu dos Hábitos e Costumes, voltei ao hotel após ter almoçado no Shopping Neumarkt, chuveu quase direto, uma garoa irritante, nada agradável para uma visitante.
         Porém, algo maior me esperava na Fundação Cultural a partir das 16h, percorri alguns quarteirões até chegar lá, e fui conhecendo diversos escritores e me familiarizando com o local e os talentos presentes. Pude dar um oi pessoalmente a alguns amigos da net, conheci outros que vieram de vários municípios e até de outros estados. Tirei várias fotos, depois iniciou a solenidade de posse da Governadoria, fizemos o juramento, depois recebemos o certificado e assinamos a ata de posse, foto oficial, essas coisas, quando finalizou a solenidade, o microfone ficou a disposição dos poetas para que declamassem poemas, enquanto era servido o coquetel na sala ao lado, sei que meu saldo foi positivo ao extremo, cada evento dessa natureza que participo me enriquece muito culturalmente e pessoalmente, pois a troca de experiências, ideias, conhecendo pessoas, fazendo amigos, e vendo todo o potencial que cada um desses seres possui, o jeitinho como cada um escreve, como vai juntando as palavras, transformando-as em versos, dando asas aos sonhos e libertando o coração de tudo que nele está, sua visão de mundo, o brotar dos sentimentos, creio que eu seja uma eterna aprendiz, e não esteja apenas de passagem por esse mundo, que posso sim contribuir para fazer desse um mundo melhor, são gestos simples que fazem a diferença, a humildade estampada no rostos que vi e conheci fez um bem enorme a meu coração, que se iluminou.
         No meio de tantos talentos me senti um ser privilegiado e imensamente feliz por ter aceitado o convite e ter a coragem de ir. Após o coquetel, todos munidos de balões brancos fomos até o Mausoléu do Dr. Blumenau que fica ao lado da Fundação realizar um manifesto pela paz, foram pronunciadas algumas palavras por Terezinha Manczak agora no papel de Presidente da Governadoria e do Representante do Poetas, depois fomos visitar os Ipês plantados por outros poetas del mundo em 2008, foi bem interessante. Depois dei umas voltas pela cidade com um pessoal, fomos até a Vila Germânica, local onde acontece todos anos a Oktoberfest e em seguida voltei ao hotel, voltei domingo para casa com a incrível sensação de que tudo é possível, maravilhada com tudo que vivi, resumindo a vida é uma caixinha de surpresas e neste caso, foram ótimas!!!    

Deise Formentin


4 comentários:

Terezinha Manczak disse...

Deise, querida. Sua presença foi um brilho a mais em nossa festa pela poesia e pela paz!
Ótimo relato, onde se percebe que você aproveitou e gravou na memória cada momento vivenciado em Blumenau e em nossa companhia. Espero encontrá-la em breve! Abraços. Terezinha

Maria de Lourdes Scottini Heiden disse...

Deise, foi muito bom conhecê-la. Espero que você venha mais vezes a Blumenau para compartilharmos a Literatura e conhecer o meu espaço.

wania almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
wania almeida disse...

Foi muito bom conhecê-la. Espero revê-la em breve!